Mohamed Ali

Erlan: Mohamed, primeiramente, muito obrigado. Você não faz ideia de quanto eu aprecio por esta entrevista. Muito obrigado, meu amigo.

Mohamed: Oh, claro. Obrigado.

Erlan: Sabe de uma coisa? Eu não sou muito fã de boxe, mas eu realmente me sinto honrado por poder entrevistar Mohamed Ali. Conte-nos, como é ter o nome do maior pugilista de todos os tempos?

Mohamed: Sim, Mohamed Ali. Ele faleceu há alguns meses. Ele é um pugilista muito famoso aqui também. Você pode me dizer como se pronuncia o seu nome, por favor?

Erlan: Claro. Meu nome é Erlan.

Mohamed: Erlan?

Erlan: Sim. Isso mesmo.

Mohamed: Erlan é um nome muito difícil de se pronunciar.

Erlan: Você pode nos dizer como é morar no Sudão? Pontos positivos e pontos negativos?

Mohamed: A sociedade aqui é muito boa. Todos nós vivemos juntos em vilas e cidades e colaboramos especialmente comendo e bebendo juntos, morando com seus pais por muito tempo, mesmo depois de casado. Você pode morar com seus tios, com seus primos… você tem uma família extensa aqui então a vida social é muito boa. Entendeu?

Erlan: Sim, obrigado. Conte-nos mais sobre você. O que você faz da vida, o que você gosta de fazer, seus hobbies, deixe o mundo conhecer Mohamed Ali.

Mohamed: Eu estou trabalhando como autônono, ainda buscando uma vida melhor, com melhores oportunidades para melhorar minha situação. Acredito que todo jovem busca uma melhor situação ou uma melhor vida.
Meu inglês é tão ruim, me desculpe.

Erlan: Não se desculpe, meu amigo. Seu inglês é bem melhor que o meu! Eu tenho esse sotaque brasileiro.

Mohamed: Sério?

Erlan: Está tudo bem. Então. Me conte, em qual cidade você mora?

Mohamed: Em Cartum. A capital do Sudão.

Erlan: Eu vejo que há muitos países ao redor do Sudão. Egito, Líbia, Chade, Etiópia, Eritreia, mas eu tenho uma dúvida: Qual a diferença entre o Sudão e o Sudão do Sul? Vocês tem alguma relação? Há parceria ou conflitos entre esses dois países?

Mohamed: Não há conflitos entre os povos do sul e do norte. Houve uma divisão política, mas os dois países vivem como se fossem um, como irmãos. Não há problema entre pessoas, mas somente uma fronteira política. As pessoas ainda vivem juntas, apesar dos problemas políticos.

Erlan: Em minhas pesquisas sobre o Sudão, eu ouvi falar em uma guerra civil ocorrendo dentro do país. Guerrilheiros islâmicos e não-islâmicos. Essa guerra chegou a causar alguma casualidade ou problema em Cartum?

Mohamed: Não. Existe guerra no Sudão do Sul, mas no norte a vida segue normal. Há casualidades, pois isso é uma coisas normal, como resultado da guerra. No Sul a vida é difícil, mas no Norte as coisas estão normais como sempre.

Erlan: Mohamed, o Brasil está atualmente sediando os Jogos Olímpicos de 2016. O Sudão está participando do evento. Há atletas do Sudão. Você está acompanhando?

Mohamed: Sim, sim. Nós temos um time e eles estão se preparando para participar. Eu espero que eles alcancem um bom resultado, apesar de termos complicadores financeiros, como você deve saber, há grandes problemas nos países em desenvolvimento, especialmente aqui no Sudão. Nós temos bons médicos e todo tipo de atletas olímpicos, mas infelizmente nossas restrições financeiras são um grande problema para nós.

Erlan: Entendo. Mohamed, eu vejo que em seu nome, você carrega o nome do profeta Mohammed (paz seja sobre ele).
Mohamed: Sim, paz soja sobre ele.

Erlan: Você é muçulmano? Como você vê o preconceito que as pessoas tem com muçulmanos como um todo?

Mohamed: Ok, muito obrigado. Essa é uma boa pergunta. Meu nome é Mohamed em respeito ao nome do nosso profeta. Aqui no Sudão, em especial, normalmente quando um bebê nasce, ele recebe o nome Mohamed. Algumas pessoas interpretam mal o Islã, espalhando tragédias e matança e isso não é nada bom. Nós que defendem os o islamismo moderado recusamos essas coisas e espalhamos o bom do islamismo mesmo entre as pessoas que não acreditam em Deus para irmos todos para o paraíso, nosso principal objetivo. Obrigado.

Erlan: Eu que agradeço;

Mohamed: Eu agradeço também, Erlan.

Erlan: Mohamed. Eu assisti a um vídeo, no qual havia uma conferência entre líderes muçulmanos e havia um homem dizendo:
“As pessoas falam que existem muçulmanos moderados e muçulmanos radicais”

E ele continuou dizendo:
“Quem aqui acredita que a Sharia e a lei presente no Corão devem ser seguidas e as punições devem ser aplicadas a todos?”
E todos levantaram suas mãos [concordando].

Eu te pergunto, Mohamed, como você vê as prescrições no Islã para matar pessoas e para machucar pessoas que não acreditam e pecam contra o Islã?

Mohamed: É claro que isso é uma coisa ruim. A lei do Corão não ordena que muçulmanos matem ninguém. Apenas diz a eles sobre os bons valores islâmicos e como seguí-los. Os muçulmanos radicais, sobre quem eu lhe falei anteriormente, entenderam alguns versos no Corão, mas não os compreenderam direito.
O Islã é uma religião muito boa e não ordena ninguém a matar ninguém, mas os ensina a respeitar as leis do Islã e leis da sharia, nada mais.

Erlan: Ok. E quanto à forma de expressão artística do Sudão? Música, arte, arquitetura, pintura, tudo o que o Sudão tiver.

Mohamed: O Sudão tem todas as formas de arte. Temos famosos intelectuais aqui, músicos, artistas, como Mohammed Wardi. Mohamed Alamin é um cantor famoso também. Temos muitas pessoas em todos esses campos que você mencionou.
Quanto a mim, eu gosto de música, não o tempo todo, mas às vezes eu gosto de ouvir alguns cantores jovens.

Erlan: Ok, e qual o seu cantor preferido?

Mohamed: Meu cantor preferido faleceu há quatro dias. Ele era muito famoso na África. Seu nome era Mohammed Wardi. W-A-R-D-I. Pesquise no YouTube e você vai achar algumas de suas canções.

Erlan: Certo. Mohamed, você já havia conhecido um brasileiro antes?

Mohamed: Hmmm, não. Nunca conheci de fato. Você é o primeiro brasileiro que eu já conheci.

Erlan: Bom, eu espero que eu possa representar bem meu país e meu povo para você.

Mohamed: Muito bom. E você é careca, não é? Estou vendo na sua foto!

Erlan: Sim, eu sou careca.

Erlan: Obrigado, Mohamed, Eu escapei de todas as piadas de careca aqui no meu país e então te conheci no Sudão fazendo piadas sobre minha cabeça.

Mohamed: De nada! Eu espero manter contato contigo e trocar ideias e valores culturais. É uma ótima chance pra mim conversar com você. Estou muito feliz com essa conversa.

Erlan: Eu também, Mohamed!

Erlan: Eu estou lendo aqui que o Sudão atualmente fica onde ficava o reino de Cuxe no oitavo século antes de Cristo.

Mohamed: Sim, Cuxe é uma antiga civilização que ficava onde é o Sudão atual.

Erlan: E há antigas ruínas de pirâmides núbias

Mohamed: Sim, as pirâmides!

Erlan: Você já foi lá?

Mohamed: Não, porque fica longe, na divisa com o Egito.

Erlan: Mohamed, eu tenho um costume no meu podcast.  Onde eu pergunto às pessoas:
O que é a vida para você?

Mohamed: Vida? Pra mim?

Erlan: Sim

Mohamed: A vida pra mim é algo muito bom. Estou comprometido com o Islã, com meus valores, com minhas responsabilidades, com minha família. Então eu aproveitado tanto a vida com eles porque eu tenho princípios fortes com a vida que eu devo seguir, obedecer aos meus pais e ser responsável viver junto e sermos muito felizes.

Erlan: Entendi. Foi uma resposta muito bonita.

Mohamed: Muito bonita? Obrigado.

Erlan: Mohamed, você tem uma mensagem final para todas as pessoas brasileiras que não estão acostumadas com sua cultura ou com o modo de vida sudanês, mas você gostaria de enviar uma mensagem a eles, representando seu país e sua cultura?

Mohamed: Sim, eu considero os brasileiros pessoas muito bonitas e amigáveis, então eu digo a elas para virem ao Sudão e investirem aqui como você. Nós temos uma terra grande com muita cultura, petróleo, recursos, então venham ao Sudão e invistam aqui para termos benefícios econômicos e trocarmos experiências, elementos culturais e humanos do povo sudanês. É tudo o que eu tenho para dizer aos brasileiros, ok?

Erlan: Ok, Mohamed. Muito obrigado por ter participado desse episódio.

Mohamed: De nada. Você é um professor e um jornalista.

Erlan: Não sou não, hahaha. Na verdade eu sou um entusiasta. Entusiasta é um nome bonitinho pra denominar alguém que não faz ideia do que está fazendo, tipo eu.

Mohamed: Muito bom, você tem uma ótima mente para fazer perguntas, assim como um jornalista.

Erlan: Obrigado. Você tem alguma mensagem em árabe que você queria deixar e após você traduz para o inglês

Mohamed: Ok, [mensagem em árabe].

Mohamed: Eu disse que muito obrigado por essa ótima conversa, foi uma grande chance para mim, como sudanês, conhecer um brasileiro e então eu chamo os brasileiros a conhecerem a civilização sudanesa, sua cultura e a conhecer o Islã de um modo positivo. Obrigado a todos vocês. Um agradecimento especial a você Erlan, meu amigo, Estou muito feliz, tanto que não consigo esconder. Muito obrigado.

Erlan:محمد شكرا [Obrigado, Mohamed]

Mohamed: Obrigado. Como eu posso dizer obrigado em Português?

Erlan: Obrigado

Mohamed: Obrigado?

Erlan: Isso mesmo.

Mohamed: É hora de dormir eu acho. Está cedo aqui, são 10 e meia da manhã aqui.

Erlan: Aqui são quase 5 da tarde.

Mohamed: Então você deve ir ou então sua esposa vai bater em você!

Erlan: hahahhaha, Obrigado e até mais!

Mohamed: Até mais!